Introdução: O que diabos é o Inducks afinal?


O Inducks (ou I.N.D.U.C.K.S) é uma base de dados que tem por objetivo catalogar todas as publicações e histórias em quadrinhos Disney do mundo todo. O projeto é distribuído sob sua própria licença.

Não só é possível saber rapidamente quais histórias fazem parte de qualquer publicação (já indexada), como também descobrir quem escreveu, coloriu, arte-finalizou, letreirou, coloriu e/ou traduziu sua história favorita!

O projeto é atualizado todos os dias e conta com a colaboração de artistas e dos próprios editores Disney do mundo todo. No Inducks, todas as histórias e autores tem a mesma importância e qualquer crédito disponível é incluído.

A indexação das edições nacionais é coordenada pelo roteirista Arthur Faria Jr., que não apenas escreveu centenas de histórias Disney, como também é um dos recordistas no número de revistas indexadas (nunca alguém aproveitou tão bem o seu próprio reparte!) . Arthur é também é o criador do site Vila Xurupita, com as capas das revistinhas Disney brasileiras. Todas devidamente restauradas.

Eu, Fernando Ventura, tenho colaborado com o Arthur desde 1999 entrevistando, pesquisando, listando e levantando os créditos das histórias Disney produzidas no Brasil. Já são mais de 7 mil histórias brasileiras catalogadas!

Informações sobre cada publicação no Inducks:

- País;
- Editor;
- Data;
- Preço;
- Listagem da capa e HQs.

Informações sobre cada história no Inducks:

- Quem fez o roteiro;
- Quem fez o desenho;
- Quem fez a arte-final;
- Quem fez a cor (pode mudar em diferentes publicações);
- Quem fez o letreiramento (pode mudar em diferentes publicações);
- Quem fez a tradução;
- Em qual publicação (nacional ou estrangeira) a história foi publicada;
- Código editorial (pode ter sido reformatado para o Inducks);
- Títulos originais, de republicações ou estrangeiros;
- Listas dos personagens (principais e secundários);
- Número de páginas;
- layout de tiras;

Créditos:

Arthur Faria Jr.
(coordenador de edições brasileiras)

Fernando Ventura
(coordenador de histórias brasileiras)

Indexadores brasileiros

Artistas brasileiros que contribuíram até o momento:

Alexandre Dias
Alexandre Silva
Aluir Amâncio
Álvaro de Moya
Denise Ortega
Euclides Miyaura
Evelyn Heine
Gerson Borlotti Teixeira
Gustavo Machado
Ivan Saidenberg
Joerly Nascimento Santos
José Wilson Magalhães
Júlio de Andrade
Julio Maga
Kaled Kalil Kanbour
Lilian Mitsunaga
Lúcia Nóbrega
Luiz Podavin
Marcelo Alencar
Marcelo Aragão
Marcelo Verde
Marcelo Milani
Markus Corrêa
Moacir Torres
Oscar Kern
Paulo Paiva
Paulo Mineiro
Primaggio Mantovi
Rafles Magalhães Ramos
Rai
Renato Canini
Rosana Rios
Tomaz Gutierrez
Toni Caputo
Waldyr Igayara
Xalberto

Também agradecemos à Monica Alves, Paulo Maffia, Suely Furukawa, Eunice T. Hirata, Lucila Saidenberg, Renato Munhoz, Celbi Pegoraro e Sandra Monte pela valorosa ajuda!

Ainda que o objetivo principal deste blog seja auxilar no levantamento de créditos dos roteiristas e desenhistas não-identificados, quaisquer outros créditos são bem-vindos, seja arte-final, letras, tradução ou cores!

12 comentários:

renatyp disse...

fantastico, Fernando! Mais uma ferramenta pra divulgar esse trabalho maravilhoso!!! Parabens, e que venham novos colaboradores!

Túlio Vilela disse...

Oi, Fernando!
Obrigado pelos comentários que você postou no blog "Quadrinhos ao quadrado".
Não sei se as outras três histórias que vendi chegaram a ser publicadas, ou mesmo caso tenham sido, qual teria sido o título final que cada uma delas teria recebido (era comum os editores darem um novo título à história, diferente do proposto pelo roteirista).
Uma história era do Morcego Vermelho, em que ele enfrentava o Carrasco, uma paródia do Justiceiro que usava arma que disparava água e coçava os pés dos criminosos com uma pena para castigá-los.
As outras duas eram do Peninha, uma paródia da história de Tristão e Isolda, e a outra uma paródia do Contos do Cargueiro Negro, com participação do João Bafo-de-Onça.
Abração!

Fernando Ventura disse...

Túlio, com essas descrições talvez fique mais fácil tentar localizar... é possível que as HQs não tenham sido publicadas, mas também é possível que elas apenas ainda não tenham sido catalogadas no Inducks.

Quanto ocorriam mudanças de editores era comum os mesmos descartarem alguns dos materiais já aprovados.

Isso às vezes era bom, e às vezes era péssimo!

Roberval disse...

Oi, Fernando

Aqui é o Mário Latino. Há alguns anos, soube da existência duma "apostila" ou manual para desenhistas Disney com dicas sobre o quê fazer (tipo nunca desenhar o Mickey de frente mas em 3/4) e numa palestra ministrada pelo Alvaro de Moya ele nos presenteou com alguns xeroxs da mesma. Vc sabe me dizer se ela existe mesmo? Se a resposta for positiva, vc tem uma ou tem como me arrumar uma cópia? Eu pago as despesas.
Um abraço

Fernando Ventura disse...

Mário, te respondi por e-mail!

Cleber disse...

Parabéns pela iniciativa. Sempre achei essa coisa das editoras omitirem as fichas técnicas das histórias uma grande injustiça. Isso enfraquece os autores que de outra maneira poderiam ser mais conhecidos, e assim, capitalizarem oportunidades de desenvolver seus projetos pessoais. Eu era adolescente e ficava louco para saber quem era o desenhista de traço tão pessoal que desenhava o Zé Carioca. Iniciativas como a de vocês corrigem um pouco as injustiças cometidas contra o Canini, Xalberto, Primaggio, Izomar e tantos outros... Que o Maurício de Souza, o estúdio do Ziraldo e outros, mirem no exemplo e comecem a corrigir esta lacuna em suas publicações...

Fernando Ventura disse...

Cleber, não dúvido que o sucesso do gibi dos Trapalhões se deva também aos créditos que o Primaggio lutou para colocar - é sempre diferente quando o nome vem estampado na obra.

sandra monte disse...

Opa...
Parabéns, Ficou legal o novo LOGO!!!

Gian Danton/Ivan Carlo disse...

Fernando, estou fazendo uma relação de roteiristas brasileiros no blog Roteiro de Quadrinhos: http://roteiroquadrinhos.blogspot.com/. Vc poderia me indicar roteiristas brasileiros que trabalharam para a Disney?

Fernando Ventura disse...

Oi, Gian!

Aqui estão todos os que eu conheço:

http://coa.inducks.org/legend-creator.php?start=br&sortby=nationality&filter=

daniel disse...

Oi Fernando,parabéns pelo seu trabalho.Gostaria de saber como foi dito em O Mehor da Disney 6 o resultado da pesquisa feita pelo Fanzine The Barks Collector com as 15 melhores historias do mestre Barks.Obrigado!

Pablo Gabriel disse...

Números Absurdos! O_o'
Cadé a postagem acima ^